PRODUÇÃO DE PENTEADOS E MAQUIAGEM PARA TODOS OS EVENTOS

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Esmaltes Clássicos

Reveillon 2011: Esmaltes Clássicos
Glitter Dourado: Top Coat, é pra ser usado por cima de outro esmatle. Eu passei ele por cima do Chanel, mas você pode passa-lo por cima de um esmalte dourado pra dar aquele toque ryquezza! Chanel: Na foto não dá pra mostrar o quanto esse esmalte é perfeito! Ele é um branco perolado com uma cintilancia dourado incrê! Moça Bonita: Um branco perolado muito fofo. Lady: Um offwhite perolado com leve cintilancia dourada, muito flamour gentxe! Lindo demais.

Moda 2012

Vermelho Reveillon 2010Tendências: vestido drapeado, scarpin bico arredondado, camisa xadrez e batom vermelho.
Reveillon 2011 - Lilás
Tendências: Shorts de couro, Maxi Dress, Baby Bag, Anel, Babados, Cardigan.
Reveillon 2011 - Rosa
Tendências: Scarpin Nude, Sandalia Gladiadora, Clutches com renda/flores de tecido, Flora

Colorindo o Reveillon 2012

Colorindo o Reveillon 2012

Os looks desse post foram produzidos por mim no polyvore, por tanto, se copiarem, ao menos botem os créditos ou um link para minha página. Grata. (click aqui para ver meus looks no
Blazers vão super bem com babados, camadas, renda; é fácil compor um look romântico com a peça.
E para quem adora estampas, essa é uma das opções mais fashion! Neste caso, deixe alguma cor predominar, abusando dos acessórios.

Penteados para o Réveillon 2011/2012

Penteados Ano Novo 2012

Depois de escolher a roupa, o sapato e a maquiagem mais adequada para usar na comemoração, para terminar, escolha um bom penteado para arrasar na festa de Réveillon 2012. O local da festa também influencia na escolha do penteado mais adequado. Para você escolher o penteado mais adequado ao local onde vai passar a virada do ano, separamos algumas dicas de penteados para te ajudar. Confira!

Penteados Ano Novo 2012 Dicas

Penteados Ano Novo 2012 Modelos

Agora se for uma festa em família no campo, invista em penteados com tranças, coques e rabos-de-cavalo. Eles são os mais indicados para a situação já que deixa o visual elegante e ao mesmo tempo suave e natural.

Penteados Ano Novo 2012 Solto

Se for passar o ano novo na sua casa com a família ou amigos, você pode optar por um visual mais despojado, escolhendo um penteado com os cabelos soltos ou parcialmente presos.

Penteados Ano Novo 2012 Moderno

Já a comemoração de Réveillon na praia, pede looks mais práticos que combinam com o clima marítimo. Neste caso invista em penteados com o cabelo preso com acessórios mais despojados como, flores, faixas, tiaras entre outros.

Penteados Ano Novo 2012 Tiara

A Moda Dos Longos e Estampados Para o Verão

Para aproveitar bem o verão que vem aí e ainda ficar linda para todas as ocasiões, os vestidos longos e estampados vêm com tudo.

Um vestido bonito, longo e estampado é como um coringa, todas temos que tê-lo no armário, e você pode vesti-lo tanto para ir naquela balada, como para passear no shopping com as amigas.

Além de ser muito confortável, com um vestido longo você pode sentar sem medo, subir para o ônibus e não ter aquela horrível sensação que acabou mostrando mais do que devia.

Os vestidos desse verão vêm com estampas bem florais e coloridas, além de listras com cores fortes e ainda babados e figuras geométricas.

A Moda Dos Longos E Estampados Para o Verao

A Moda Dos Longos E Estampados Para o Verao

Os decotes também são variados, podem ser as alças habituais ou ainda o tomara-que-caia tão sexy e refrescante.

Já os tecidos mais usados são a malha, para as ocasiões mais informais, além do tricoline e algodão, que dão um caimento bem bonito às peças.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Como se livrar da celulite

Encontramos mulheres que se livraram dos furinhos e hoje encaram o biquíni numa boa. De tão felizes, elas toparam dividir com você as estratégias de sucesso.

Simone Ota e Aline Dini em 03.09.2010
beleza-cuidados-com-o-corpo-celulite
(Foto;)

Dieta + ginástica + colágeno em pó

“Foi graças às orientações de um site de nutrição que aprendi a substituir a comida congelada por verduras, legumes e frutas frescas, cortar o refrigerante, comer massas e doces apenas uma vez por semana e fazer atividade física diariamente (alterno corrida, hidroginástica e boxe). Outro conselho que encontrei na internet e resolvi experimentar foi acrescentar 1 colher de sopa de colágeno em pó ao leite ou suco no café da manhã. Tinha receio de que a flacidez e a celulite nas coxas, nos braços e no bumbum ficassem ainda mais evidentes com a perda de peso. Deu certo: mesmo depois de emagrecer 20 quilos em dez meses, os furinhos reduziram pela metade.”

Neia Mackievicz, 33 anos, modelo, de Guarulhos (SP)

Por que funcionou

Neia diminuiu a quantidade de comida e procurou variar a qualidade dos alimentos ao máximo – enfim, fez uma boa reeducação alimentar. “Com isso, o organismo dela passou a funcionar melhor, o que facilitou a eliminação de toxinas, dificultou o acúmulo de gordura e, consequentemente, diminuiu a celulite”, explica a nutricionista Roberta Silva, do site CyberDiet. “Quanto ao uso de colágeno em pó, estudos apontam que a ingestão de 1 colher de sopa cheia por dia realmente colabora para a melhora da elasticidade e da firmeza da pele.”

Chá de frutas vermelhas + creme

“Nunca tive celulite. Por isso, quando os primeiros furinhos surgiram no bumbum, fiquei simplesmente apavorada. Segui o conselho de uma amiga e comecei a tomar chá de frutas vermelhas (à venda em casas de produtos naturais) pela manhã e em jejum. Preparo a bebida com 200 mililitros de água quente, um sachê e adoçante. O sabor não é dos melhores – um misto de azedo e amargo –, mas vale o esforço, pois, passados seis meses, percebo uma melhora de 40% nos furinhos. Pode parecer pouco, mas estou satisfeita. Afinal, não precisei fazer ginástica nem dieta, só aplicar um creme anticelulite com carnitina à noite, após o banho.”

Maria Eduarda Abreu, 24 anos, estudante de psicologia, do Rio de Janeiro

Por que funcionou

“A redução da celulite em Maria Eduarda está associada à melhora na qualidade da pele obtida com as escolhas feitas por ela. As frutas vermelhas contêm bioflavonoides, considerados poderosos antioxidantes, que combatem radicais livres e ativam a circulação”, esclarece o nutrólogo Alexandre Merheb, do Rio de Janeiro. “Já a carnitina, aminoácido encontrado naturalmente no organismo, estimula as mitocôndrias, que são as unidades de energia das células, para acelerar a quebra da gordura.”

Drenagem linfática + água

“Há quatro anos, mantenho sob controle a celulite do bumbum e das coxas. A receita veio da minha sócia: uma sessão de drenagem linfática por semana e 2 litros de água por dia. Sigo o conselho à risca, já que não consigo fazer atividade física regularmente.”

Denise Trinca, 31 anos, empresária, de São Paulo

Por que funcionou

Os movimentos suaves e delicados da massagem empurram a linfa, um líquido incolor e viscoso que se acumula logo abaixo da pele, em direção aos gânglios. “Eles são bombeados para que cheguem até os órgãos excretores e sejam eliminados”, explica a fisioterapeuta Ana Carolina Sampaio Freitas, da Clínica Onodera, no Rio de Janeiro. A ingestão de água complementa a drenagem, pois o líquido mantém as células hidratadas – o que contribui para o bom funcionamento delas e a eliminação de toxinas.

Cosmético com 7% de cafeína

“Já experimentei vários cremes anticelulite, mas nunca tive um resultado tão bom quanto ao usar um produto com 7% de cafeína. Aplico há pouco mais de um mês, pela manhã e à noite, e agora preciso apertar a região afetada para ver os furinhos. Estou tão contente que parei a drenagem linfática.”

Claudia Meirelles Siqueira, 26 anos, publicitária, de Campinas (SP)

Por que funcionou

Estudo da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com 99 mulheres mostrou que mais de 80% delas tiveram uma boa redução de gordura nas coxas após um mês aplicando creme com 7% de cafeína. “Nessa concentração, o ativo consegue quebrar a gordura e murchar as células adiposas a partir do sétimo dia de uso”, explica o farmacêutico Maurício Pupo, de Campinas (SP).

Como se livrar da celulite

Encontramos mulheres que se livraram dos furinhos e hoje encaram o biquíni numa boa. De tão felizes, elas toparam dividir com você as estratégias de sucesso.

Simone Ota e Aline Dini em 03.09.2010
A A A

Centelha asiática + autobronzeador

“Minha celulite é leve e só me preocupo com ela no verão. Um mês antes de ir para a praia, tomo diariamente uma cápsula de centelha asiática e, quatro dias antes de viajar, substituo o hidratante corporal por um autobronzeador. Assim, a pele fica mais firme e as ondulações tornam-se imperceptíveis.”

Solange Freitas Silva, 36 anos, professora, de Porto Alegre

Por que funcionou

Para o cosmetólogo Paschoal Rossetti Filho, do Instituto Mezzo de Cosmetologia e Estética, em Penápolis (SP), a centelha asiática regenera os tecidos, estimula o colágeno e melhora a circulação. Já o autobronzeador provoca ilusão de ótica: a celulite está lá, mas você não vê a sombra das ondulações por causa da pele escurecida.

Preenchimento com ácido

“O procedimento com ácido hialurônico foi o melhor método que eu já experimentei para tratar a celulite na região das coxas. Pudera! O resultado ficou muito natural – ninguém diz que é preen­chimento –, e os furinhos praticamente sumiram em apenas duas sessões. Além disso, a pele ficou mais bonita e lisinha. Não senti dor durante a aplicação nem depois dela. Daqui a dois anos, vou ter que repetir as injeções. Enquanto isso, pretendo manter minha rotina de ginástica, com duas aulas semanais de bike, ioga, jump e pilates.”

Elizabeth Haddad, 40 anos, pedagoga, de São Paulo

Por que funcionou

Essa substância é bastante indicada para os casos mais graves de celulite, pois estimula o colágeno e preenche, literalmente, cada uma das depressões da pele – para isso, o médico deve fazer uso de anestesia e utilizar uma cânula fina para injetar o ácido hialurônico. “O risco de o ativo causar alergia é mínimo, mas é preciso repetir o procedimento após dois anos porque a substância é absorvida pelo organismo”, avisa a dermatologista Maria Paula Del Nero, da Clínica Healthy, em São Paulo.

Accent XL

“A celulite que eu tinha no bumbum não era das mais severas, reconheço. Mesmo assim, me incomodava bastante, já que a vida toda pratiquei atividade física e cuidei da alimentação. Imagine, então, se eu não me cuidasse... Disposta a acabar com o problema, fiz quatro sessões do aparelho Accent XL, uma por mês, e notei uma melhora de 50% a partir da segunda. O tratamento também ajudou a amenizar a flacidez. Durante a aplicação, a pele esquenta muito e fica avermelhada, mas o desconforto dura, no máximo, uns dez minutos. Outra vantagem é que não precisei modificar em nada a minha rotina no trabalho nem nos treinos – continuo caminhando uma hora, no mínimo, todos os domingos e faço exercícios aeróbicos e de musculação três vezes por semana.”

Patrícia Alves, 35 anos, relações-públicas, de São Paulo

Por que funcionou

O Accent XL é um aparelho de radiofrequência que aquece a derme à temperatura de até 40 ºC. “Esse calor tem a função de estimular a circulação sanguínea e a formação de novo colágeno, além de reestruturar o antigo, o que contribui para o espessamento e a firmeza da pele. Além disso, o procedimento colabora para a drenagem das toxinas e dos líquidos retidos entre as células”, observa a dermatologista Andreia Mateus, responsável pelo departamento de cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), no Rio de Janeiro.

Massagem modeladora + corrida

“Este ano decidi jogar pesado contra a celulite. Agendei sessões de massagem modeladora duas vezes por semana, com 90 minutos de duração cada uma, cortei radicalmente as frituras e comecei a correr por 40 minutos, três vezes por semana. O esforço valeu a pena, pois a “pele de ricota” melhorou cerca de 80%.”

Fernanda Rossi, 34 anos, jornalista, do Rio de Janeiro

Por que funcionou

Segundo a fisioterapeuta Ana Carolina Sampaio Freitas, tanto as manobras da massagem quanto o exercício aeróbico estimulam as circulações linfática e sanguínea e a nutrição dos tecidos. “Outro ponto para a melhora é que esses recursos reduzem a rigidez da pele.”

Como se livrar da celulite

Encontramos mulheres que se livraram dos furinhos e hoje encaram o biquíni numa boa. De tão felizes, elas toparam dividir com você as estratégias de sucesso.

Simone Ota e Aline Dini em 03.09.2010

Intradermoterapia

“Comecei a fazer o procedimento quando tinha 20 anos. Naquela época, duas sessões por ano eram suficientes para deixar o bumbum e a barriga lisinhos. Agora, com o metabolismo mais lento, faço oito aplicações no início do ano, uma a cada 15 dias.”

Patrícia Rosa, 29 anos, fisioterapeuta, de São Paulo

Por que funcionou

A técnica consiste em injetar medicamento diretamente nos locais afetados. “Como a aplicação é muito superficial, utilizamos uma agulha fina e curta que dispensa anestesia”, explica a especialista em dermatologia Daniela Graff, de São Paulo. Ela lembra que a mescla de drogas varia de pessoa para pessoa e de acordo com o estágio da celulite. Geralmente, utilizam-se substâncias vasodilatadoras, drenantes, lipolíticas, estimulantes do colágeno e outras que melhoram a qualidade da pele.

Spinning + chá verde

“Antes de engravidar, uma aula de spinning por semana e 1 xícara de chá verde por dia eram suficientes para dar cabo do aspecto de casca de laranja na pele. Mas, como acumulei muita gordura nos culotes e no bumbum durante a gestação, precisei de reforços depois de dar à luz: passei a fazer bicicleta duas vezes por semana e também aumentei a ingestão de chá.”

Sara Oliveira, 29 anos, dona de casa, do Rio de Janeiro

Por que funcionou

Ela acertou ao eleger o spinning, que queima quase 700 calorias em uma hora de treino e trabalha a musculatura das coxas e do bumbum, e o chá verde, que tem alto teor de cafeína e acelera o metabolismo. “A bebida ainda melhora a circulação e tem ação diurética, qualidades importantes para reduzir a ondulação na pele”, afirma o nutrólogo Alexandre Merheb, do Rio de Janeiro.

Automassagem + chá verde

“Com a ajuda de rolinhos de madeira, faço movimentos de vaivém por 15 minutos na coxa e no bumbum. A pele fica mais lisa na hora! Além disso, tomo 3 xícaras de chá verde todo dia.”

Maria Júlia de Andrade, 33 anos, bancária, de Salvador

Por que funcionou

Os movimentos estimulam a oxigenação e a circulação local. “Sugiro que ela comece a massagem pela sola dos pés para melhorar ainda mais a circulação e a imunidade, equilibrar o fluxo energético e desintoxicar”, ensina a esteticista Roseli Siqueira, de São Paulo.

Musculação

“Puxar ferro faz toda a diferença: basta tirar férias da academia para a celulite voltar com força. Pratico musculação duas vezes por semana, durante uma hora. Trabalho o corpo inteiro, sem parar, e capricho no agachamento e na elevação lateral das pernas com pesos. Também jogo tênis a cada 15 dias e faço drenagem linfática e pilates uma vez por semana.”

Adriana Sinelly, 45 anos, corretora de imóveis, de Barueri (SP)

Por que funcionou

A musculação dificulta a visualização dos furinhos. Primeiro, porque faz o músculo crescer e, com isso, a pele fica mais esticadinha; segundo, porque ativa a circulação. “Outro ponto positivo do treino é que, ao não dar pausas entre os aparelhos, Adriana aumenta a queima calórica”, diz Bianca Vilela, da academia Vitta, em Barueri (SP).

Bermuda anticelulite + caminhada

“Comprei a bermuda para aliviar as dores que sentia nas pernas, mas, para minha surpresa, após 40 dias de uso do acessório o aspecto de casca de laranja da pele suavizou muito. Achei o máximo, pois a celulite que eu tinha na parte interna das coxas e nos culotes era visível até mesmo sob uma grossa calça jeans. Fiquei tão empolgada que passei a caminhar uma hora por dia para acelerar ainda mais o resultado.”

Marciete Lopes Eiras, 40 anos, gerente de logística, de São Paulo

Por que funcionou

Segundo o fabricante, à peça de elastano foram incorporados micropó de sílica e magnésio. A função deles é irradiar raios infravermelhos longos para melhorar a circulação e a oxigenação local e acelerar o metabolismo celular. “Num teste cego feito no Centro Paulista de Pesquisa e Avaliação Dermatocosmética da Faculdade de Medicina do ABC, em Santo André (SP), constatamos que as voluntárias que usaram a bermuda durante oito horas por dia diminuíram um grau da celulite até mesmo em quem estava com grau 3”, afirma o dermatologista Celso Pieralini, professor de pós-graduação da faculdade.

SmoothShapes + ginástica

“O resultado que conquistei após dez sessões do aparelho foi tão bom que meu marido me incentivou a repetir o tratamento seis meses depois para potencializar os efeitos. Assim, na primeira vez que fiz, a celulite de grau 3 que eu tinha no bumbum e nas coxas foi reduzida para grau 1. E, atualmente, mal dá para perceber. É claro que milagres não existem: as três aulas de musculação e cinco de aeróbica que faço por semana contribuíram muito para a minha conquista. Mas com o SmoothShapes melhorei o desenho do corpo de forma geral. E tudo isso com apenas uma hora de aplicação, duas vezes por semana. E, melhor, sem desconforto nem dor!”

Thaise Obeid, 32 anos, comerciante, de São Paulo

Por que funcionou

O aparelho estimula a saída de gordura de dentro das células por meio de quatro técnicas modernas e bastante eficazes: rolo massageador, vácuo, laser e LED. Segundo a dermatologista Paula Chicralla, do Spa Posse do Corpo, no Rio de Janeiro, os dois primeiros ativam o sistema linfático e facilitam a ação das duas outras tecnologias. “O laser ajuda a liquefazer a gordura, enquanto o LED estimula a produção de colágeno e fragiliza a parede das células adiposas para esvaziar o conteúdo delas”, explica a médica. Para potencializar o tratamento, a especialista indica a prática de atividade física regularmente, alimentação equilibrada e diminuição na ingestão de sal.

Como deixar os pés saudáveis e lindos para o verão

No calor, os pés mais ficam mais expostos. Aprenda truques para deixá-los lindos e saudáveis com tratamentos feitos em casa ou com ajuda de um profissional.

Shâmia Salem em 05.11.2010
saude-como-deixar-os-pes-saudaveis-e-lindos-no-verao
(Foto: Mari Queiroz)

Unha encravada

É hereditária, comum em quem tem dedos gordinhos e abusa de sapatos de bico fino, e se agrava quando se corta o canto das unhas – elas podem crescer para o lado e entrar na pele. “Mantenha a unha quadrada e coloque entre ela e a pele um pedaço de algodão fino besuntado com antibiótico em creme para obrigá-la a crescer paralela às bordas do dedo”, ensina a dermatologista Raquel Machado, de São Paulo.

O ataque

O médico deve prescrever um antibiótico oral por cerca de um mês. Já o podólogo vai indicar a órtese – suporte de metal, elástico ou acrílico, parecido com um aparelho ortodôntico, que fica encaixado nas laterais da unha para tracioná-la e corrigir o crescimento. “A colocação do acessório não é dolorida, mas pode causar desconforto no início, dando a sensação de pressão na unha. A retirada é feita depois de três meses”, diz a podóloga Sheila Oliveira, da Artisalus, em São Paulo. Em casos mais graves, a solução é fazer a onicoplastia, uma microcirurgia. “O cirurgião dermatológico remove o canto da unha e a parte alta da pele. O procedimento é realizado no consultório com anestesia local. É preciso tirar um dia de folga do trabalho e ficar com os pés para cima. Os pontos, cerca de três, são retirados após uma semana. Os sapatos fechados estão liberados a partir do décimo dia”, explica Raquel.

Micose

De unha ou de pé? A primeira deixa a unha grossa, torta e escura e pode evoluir para a segunda, que provoca descamação e coceira. Causadas por fungos ou bactérias que proliferam em lugares quentes e úmidos, são contagiosas. Para prevenir o problema, evite andar descalça no vestiário da academia, na praia ou na piscina, não compartilhe seu kit de manicure e mantenha os pés secos. “Use meias de algodão, e não de náilon, e substitua a toalha pelo secador de cabelo com jato frio, que alcança os cantos escondidos entre os dedos”, ensina a dermatologista Carolina Ferolla, de São Paulo.

O ataque

“Costumo receitar um creme formulado com 2% de cetoconazol, um antimicótico, para ser aplicado duas vezes ao dia por um mês”, afirma a dermatologista Marcela Studart, do Rio de Janeiro. Mas o seu médico deve lhe indicar a melhor formulação. Já a transpiração excessiva pode ser controlada com um aparelho doméstico de iontoforese, cuja corrente elétrica contrai as glândulas sudoríparas se usado diariamente por 15 minutos. Ele é vendido em lojas e sites médicos. Converse antes com o seu clínico. No consultório, a sudorese costuma ser combatida com aplicação de toxina botulínica. “São cerca de 30 picadas na sola de cada pé. A dor é amenizada com anestesia local e o efeito dura até dez meses”, diz a dermatologista Fabiana Pietro, de São Paulo.

Continuação sobre como deixas os pés lindos

Ressecamento

Os alvos preferidos são a base do dedão e os calcanhares, que ficam grossos e ásperos. A principal causa é a falta de hidratação, mas o excesso de peso e o atrito com o calçado e o chão também influenciam. “A pressão contra o solo faz com que a pele se defenda”, explica a dermatologista Ligia Kogos, de São Paulo. Segundo ela, o ressecamento merece atenção porque pode evoluir para rachaduras e sangramento. “E há o risco de as fissuras serem infectadas por bactérias.”

O ataque

Espalhe diariamente um esfoliante com grânulos grossos e aplique um hidratante, envolvendo os pés com filme plástico. “Invista em ativos capazes de atrair água para as células, como ureia e ácido glicólico. Nas rachaduras, use um creme cicatrizante e antisséptico”, diz Ligia. Se o ressecamento for muito intenso, Carolina Ferolla recomenda um hidratante manipulado que combine ureia e liquor carbonis detergens, substância que ajuda a afinar a pele.

Calo

A pele grossa e dura é a evolução de uma bolha que cicatrizou, mas continuou em atrito com o sapato. Portanto, nada de insistir em calçados desconfortáveis.

O ataque

Para afinar a região, deve-se aplicar toda noite, de dois a três meses, um creme queratolítico manipulado, à base de ácido salicílico ou misturado com ureia. Você também pode optar pela retirada em consultório. “Depois de passar uma substância para amolecer a pele, o médico remove o calo com bisturi. A paciente vai para casa com um protetor de silicone”, explica a dermatologista Eliandre Palermo, de São Paulo. O calo precisa mesmo ser eliminado. Caso contrário, pode aumentar, tornar-se dolorido e até afetar a postura e as articulações, já que inconscientemente a pessoa procura posições de apoio para amenizar o incômodo e, com isso, a maneira de pisar muda. Se você já chegou a esse estágio, a saída é procurar um ortopedista para analisar a sua pisada e prescrever uma palmilha personalizada para recuperar o equilíbrio e o conforto.

Momento cinderela

Esta é para quem gosta de passear por aí com rasteirinhas ou sandálias nas alturas. A primeira não absorve o impacto, o que sobrecarrega as articulações; e a segunda, além de jogar o peso do corpo nos dedos, compromete a circulação e favorece o aparecimento de varizes. Para continuar usando esses modelos sem riscos, Maurício de Moraes, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia de São Paulo (IOT-SP), recomenda: “Sempre que possível, retire o calçado, coloque as pernas para o alto, massageie a sola e movimente a ponta dos pés para cima e para baixo, alongando o tendão”. Dê preferência aos modelos que distribuem bem o peso do corpo, como os que têm ponta e salto quadrados, com até 4 centímetros de altura. “Os peep toes, abertos na ponta, e os sapatos de bico arredondado aliviam bem os danos para quem tem tendência a micose e unha encravada”, diz a médica Ligia Kogos.

Chapinha sem erro: aprenda a usar

Chapinha sem erro: aprenda a usar

Calor emitido pelo aparelho pode desgastar a fibra capilar

Antes de investir na chapinha para deixar os fios no lugar, é importante ter em mente que esse tipo de aparelho prejudica os cabelos e merece cuidados antes e depois da aplicação. De acordo com o hairstylist Sylvio Rezende, a fibra capilar é a mais resistente do corpo e aguenta temperaturas altíssimas. Mas uma vez exposta ao calor, perde água e desidrata.

"O calor emitido pela chapinha abre a camada mais superficial do fio, chamada de cutícula, que é semelhante a escama do peixe. Depois de abertas, essas camadas deixam a água evaporar dos cabelos. Isso pode deixar as madeixas elétricas, causando o indesejável efeito frizz, além de ressecar e desbotar os fios", explica Sylvio.

Uso correto garante cabelos saudáveis

Para evitar os efeitos maléficos, o ideal é aplicar cremes sem enxágue, como o leave-in, ou termoprotetores nos cabelos, antes de fazer uso da chapinha. Estes produtos protegem as madeixas do calor emitido pelo aparelho e garantem mais brilho e maciez aos fios.

"Lave os cabelos normalmente com shampoos e condicionadores sem sal e depois, com os fios ainda úmidos, aplique o termoprotetor. Só não exagere na quantidade, senão as madeixas ficarão oleosas e pesadas. Algumas gotas são suficientes para alcançar a proteção desejada", ensina o hairstylist.

A chapinha também não deve ser usada para secar os fios, pois isso pode deixá-los arrepiados. Sendo assim, o aparelho deve ser passado nos cabelos secos. Outra dica para não prejudicar os fios é ter atenção à temperatura do aparelho. De acordo com o especialista, o ideal é que a chapinha não ultrapasse 80 graus.

"Não é recomendável deixar a chapinha pressionando durante muito tempo o cabelo, já que existe chance de queimar os fios. O ideal é passar o aparelho três vezes ao máximo em cada mecha. Quando a pessoa faz uso correto do aparelho consegue manter a durabilidade e o brilho dos cabelos. Na hora de comprar uma chapinha, prefira as menores e mais leves, que facilitam o manuseio", alerta o hairstylist.

Outra alternativa para quem faz uso contínuo da chapinha e quer manter os cabelos saudáveis é investir em hidratações semanais. "Cremes de tratamento noturno ou para cabelos quimicamente tratados recuperam a fibra capilar e podem deixar os fios com mais vida, brilho e maciez", avalia Sylvio.

Coque Banana

“Coque Banana é de fato um clássico que atravessa gerações, é reinventado e, tal como o corte Chanel, é eternizado em todos os salões de beleza do mundo. O formato da banana é adquirido com o torcido perfeito da mecha”, a

Óleos: modo de usar Fonte: Cabelos & Cia

À base de argan, pracaxi, pérola negra e vitaminas, eles hidratam, revitalizam e amaciam os fios. Em dez questões, resumimos a melhor forma de utilizar o produto que virou a bola da vez nos salões

1 Posso aplicar em todo tipo de fio? Sim. “O banho de Óleo Elixir Ultime, Kérastase, por exemplo, pode ser usado em todos os cabelos para nutrir e intensificar os tratamentos da marca e, ainda, para reparar e selar as pontas”, diz Claudia Faria, gerente de educação da Kérastase. 2 Devo usar nos fios secos ou úmidos? Se o objetivo for regenerar a fibra capilar e revitalizar o couro cabeludo, recomenda-se o uso no cabelo úmido, com massagem. O resultado é brilho, disciplina, emoliência, reestruturação e controle do arrepiado. Se a aplicação for feita nos fios secos, a função será reparação das pontas. Eles ficarão luminosos e livres de frizz. 3 Dá para usar o secador após passar óleo? A gerente de educação da Kérastase explica que o Elixir Ultime, por exemplo, não é um produto termoativado, porém ele pode ser aplicado para escovação. “Será uma forma de proteger o cabelo da ação do secador”, diz a especialista. 4 Ele faz o papel de finalizador? Sim, pode ser usado para dar acabamento à escova. Nesse caso, o óleo age reparando as pontas duplas do cabelo e dando mais brilho. 5 Dá para aplicar como pré-xampu? Sim. Porém, o óleo acabará perdendo sua função, porque será removido pelo xampu. “Em um cabelo extremamente poroso pode ocorrer a penetração”, observa Nani Leite, técnica da Mac Paul. Ela explica que se a aplicação for feita antes da lavagem, a sujeira funcionará como uma barreira na absorção do produto, o que compromete sua eficácia. “O ideal é lavar, aplicar e secar para que as propriedades sejam aproveitadas.” 6 É permitido passar o produto na raiz? Não. Cosméticos formulados com óleos não devem ser aplicados na raiz, pois podem deixar o couro cabeludo muito gorduroso. “Nós indicamos seu uso só no comprimento e nas pontas”, diz Talita Pinheiro, técnica da Inoar. 7 Vale usar durante o processo de alisamento? Qual seria a função do óleo? Óleos podem ser adicionados em alisamentos, pois facilitam a aplicação da mistura, fazendo com que o produto deslize com mais facilidade sobre o fio. “Vale lembrar que eles não alteram o resultado do procedimento, pois sua ação se restringe à superfície da fibra capilar”, destaca Talita. 8 Posso misturar o produto à coloração? Segundo Talita, da Inoar, o óleo de argan pode ser adicionado e formará um filme protetor em volta dos fios, que irá proteger a fibra capilar contra o ressecamento. “Isso hidrata e dá mais luminosidade e sedosidade”, diz. 9 Óleo pode ser usado antes da chapinha? Sim. Pode-se passar antes da prancha. Nesse caso, ele fará o papel de um produto termoativado, que vai proteger os fios contra o calor e, ainda, acelerar o procedimento de secagem. 10 Posso juntar à máscara de hidratação? Sim, porque, em geral, esse tipo de produto contém substâncias compatíveis com óleo. “Ele será um elemento de reforço e incrementará o resultado do tratamento”, observa a técnica da Mac Paul. Ela ressalta que o item pode ser, inclusive, aplicado em comprimento e ponta de cabelo do tipo oleoso. HOT LIST CONFIRA AS NOVIDADES EM PRODUTOS FORMULADOS COM ÓLEO QUE VÃO TURBINAR OS TRATAMENTOS DA CLIENTELA 1. Óleo de Tratamento, Moroccanoil – Para todos os tipos de cabelo, com óleo de argan, extraído dos frutos da Argania spinosa, árvore do Marrocos. Rico em vitaminas A, E e F, fortalece e melhora a elasticidade, além de restaurar os fios. 2. Argan Oil Home Care, Inoar – Compatível com qualquer processo químico. Com ação antifrizz e proteção térmica contra o ressecamento, lubrifica as cutículas e define os fios, e por ser rico em vitamina E, tem efeito revitalizador. 3. Elixir Ultime, Kérastase – Formulado com quatro óleos: pracaxi, vindo da Amazônia, rico em lípidios, que dão força e resistência ao cabelo; argan, que contém vitaminas A, D e E, com ação antioxidante; gérmen de milho, com ômega 6, oferece emoliência; camélia, flor da Ásia Central, fonte de ácidos graxos que amaciam os fios. 4. Nanooil, Kaedo – Com óleo de argan, atua como hidratante e rejuvenescedor capilar, protege o fio na coloração e nos processos químicos. Contém ômega 3 e 6, filtro solar e proteção térmica. 5. Oil Black Pearl, Lissé – Produto com óleo de pérola negra, encontrada na Polinésia Francesa. Rico em vitaminas A, D e E, cálcio e proteínas marinhas que têm efeito antioxidante e regenerativo. Melhora o brilho, a maciez e dá sedosidade ao cabelo. 6. K-Pak Restorative – Styling Oil, Joico – Fluido rico em óleo de argan, que atua como tratamento reconstrutor e modelador dos fios. Repara e previne os danos causados pelo sol e por processos químicos, com fórmula que une os benefícios do exclusivo complexo Quadramínico*, o complexo Quadraßond (com proteínas). 7. Orofluido, International Brands Brazil – Elixir sem enxágue desenvolvido com um blend de óleos de argan (rico em vitamina E, que fortalece os fios), de cípero (protege contra os radicais livres) e de linho do Mediterrâneo (que sela as cutículas e elimina o frizz, dando brilho). 8. Marrocan Oil, Mac Paul – Tratamento de reconstrução capilar. A formulação tem ação hidratante e antioxidante, que fortalece e repara os danos dos fios. Rico em fenóis, combate ainda o frizz e age como poderoso escudo contra o estresse causado pela ação do secador e da chapinha. 9. Argan Oil, Cris Dios – Indicado para todos os tipos de cabelo, o produto contém alta concentração de óleo de argan, que nessa fórmula vem combinado com óleo de linhaça. Ricos em vitamina E, os dois ativos evitam o envelhecimento da fibra capilar causado por químicas e fatores externos. As substâncias também contam com propriedades emolientes, umectantes e hidratantes.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Calçados Verão

* Pérolas:
WernerParô Arte no PéMiucha Luciana Gimenez
* Navy:
CapodarteJorge Bischoff Cia. FemininaCristófoli
* Estampados:
Luna di Mazzi Cristófoli Cravo & CanelaVia Uno
* Coloridos:
Bebecê Neon FH Berlonzi
* Marrons:
Auslander Wirth Zanni Barcelos Leticia Costa
* Com correntes:
Satryani Arezzo Fernando Pires ChicVia Uno
* Acamurçados:
Capodarte Juliana Jabour Nella MisuraJuliana Pacheco
* Rasteiras:
AnzetuttoLevine MasieroCristófoli
*Black&White:
Via UnoWerner Di ValentiniMadre

Gostaram? Porque eu amei, todaaas. Comentem.